quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Capacidade e Superação

Não importa o que nos prende.
Não importa se a vergonha, a timidez e o medo nos faz sofrer.
Não importa que estejamos assumindo situações contrárias ao nosso propósito ou se essa situação nos desanima.
Não importa o que tiram de proveito da gente ou o que tiramos de proveito dos que nos julgam.

O que realmente importa é que sempre devemos nos ver como um DIAMANTE BRUTO e nos entregarmos as oportunidades que a vida nos dá, de sermos achados e, por quem entende, sermos lapidados.

(Texto de Paulo Sérgio)

Um comentário:

TATY BE TATY Edição de Imagens disse...

Eu discordo de ser um diamante bruto, porque ser lapidada é arrancar pedaços, ser lapidada é ter parte do coração mutilados, ser lapidada é arrancar um pedaço de mim para agradar a quem pensa ser feliz nos vendo daquele jeito que não somos... Ser Bruto!!!